Monday, Nov 20th

Last update:11:32:16 PM GMTTT

Headlines:

 

Biografia

Print PDF

O meu ciclismo começou em 1998, quando morava em um sítio junto com os meus pais, durante muitos anos ajudei eles na lavoura, mas como o sítio era pequeno, o que plantávamos era praticamente apenas para nosso próprio sustento e foi quando surgiu a vaga em um laboratório fotográfico novo que estava abrindo na cidade... Como eu morava no sítio e trabalhava na cidade, utilizava a bike para ir ao trabalho, sendo somente o meu meio de transporte, nem sabia da existência do ciclismo, nunca tinha ouvido falar. Foi quando na época estava próximo dos jogos abertos da cidade de Guairá, e tinha um pessoal que treinava de bike para competições e principalmente para estes jogos, e um deles era encarregado de formar a equipe, e como o sítio que eu morava era caminho de estradas onde eles treinavam eles me viam indo ou retornando do trabalho, foi quando perceberam que eu tinha tudo para ser uma boa atleta, e então me convidaram para integrar a equipe deles para os jogos, eu pensei um pouco, mesmo sem conhecer o ciclismo mas logo aceitei o convite, visto que a prova era em um sábado a tarde e eu só trabalhava ate as 14hrs e depois não tinha mais nada para fazer.

Aceitei o convite mas não comentei nem com os meus patrões pois tinha medo de ficar em ultimo lugar, só os meus pais que ficaram sabendo. Chegando o dia da prova, fui lá, competi e venci. E a partir dai teve inicio minha carreira, fui convidada para treinar com eles e participar de outras provas na região. Sempre que tinha algum tempinho treinava, mas o meu trabalho era mais importante e nem sonhava em largar meu trabalho pelo ciclismo, mas o tempo foi passando, fui treinando e me dedicando cada vez mais e pegando gosto pelo esporte. No ano seguinte mudei de trabalho e já tinha condições de me dedicar mais ao esporte e em 2001 consegui a minha primeira equipe de foz do Iguaçu e acabei mudando para lá, em 2002 e 2003 competi por londrina, já em 2003 foi o meu melhor ano pois das 7 provas dos jogos abertos do Paraná conquistei 7 medalhas de ouro, e quase todas as provas que participei conquistei o primeiro lugar, alem de bons resultados no Brasil foi minha estréia também em pódio na Europa quando conquistei um segundo lugar em uma prova na França. Com esse resultado fui convidada a integrar uma equipe na Itália e realizar um grande sonho, não pensei duas vezes, mesmo tendo também um convite de uma equipe dos EUA preferi optar pela Itália berço do ciclismo mundial.

Foi uma diferença enorme pra mim, mas encarei com toda vontade, logo na primeira competição disputei com campeã mundial e várias outras grandes ciclistas uma prova de 130 quilômetros que largaram 160 ciclistas,  sendo essa a minha primeira competição oficial por uma equipe européia.

A minha vida na Itália

Na Itália eu levo uma vida totalmente voltada para o ciclismo, faço como se fala a verdadeira "VIDA DE ATLETA", durmo cedo, saio cedo para treinar, descanso na parte da tarde, praticamente não saio de casa, não como nada de frituras, doces, chocolates, gorduras, não tomo bebida alcoólicas, muito difícil sair para comer uma pizza, levo uma vida  extremamente saudável. Moro no retiro da equipe com outras companheiras, já me acostumei com a Itália, pra falar a verdade amo a Itália.

Este é o 4° ano consecutivo que corro com a equipe Michela Fanini Record rox, o ano de 2008 foi um excelente ano, com vários resultados e uma vitória, e terminei o ano como a melhor brasileira no ciclismo mundial, a numero 1 do Brasil no Ranking internacional da UCI (União Ciclística internacional) neste ano comecei muito bem com a primeira vitória no mundo profissional justamente na 1ª prova da temporada onde tambem se comemorava o dia internacional das mulheres 8 de março.

Apos isso no mês de abril acabei sofrendo um acidente onde fraturei a clavícula e tive que ficar parada por 70 dias para me recuperar, voltando a competir na metade do mês de junho com o Giro de Trentino, onde usei somente para melhorar a forma, e já no Giro de Itália  no mês de julho, consegui excelentes resultados, com um 7° lugar em uma etapa e 12° na geral, mas o melhor  veio no mês de agosto com a Route di France que é o Tour de France feminino, onde consegui  maravilhosamente me classificar como vice campeã do Tour, e campeã das montanhas, e conseguindo também um segundo lugar em uma das etapas mais duras e um sexto lugar no contra relógio individual onde só não fui melhor pois tive problemas com a bike. Este sem duvida foi o meu melhor resultado e mais expressivo de todos os anos, e ainda para terminar a temporada fui 13° no giro internacional da toscana e 41° no campeonato mundial de estrada em Varrezze – Itália e sendo a melhor brasileira colocada.

O inicio do ano de 2009 não começou tão bem quanto o ano de 2008, pois assim que cheguei na Itália  peguei um resfriado e tive febre por 10 dias e quando estava me recuperando sofri um acidente de bike, onde ainda não me recuperei totalmente, e por este motivo não consegui fazer nenhum resultado expressivo este ano, no momento estou fazendo fisioterapia e  me recuperando e espero que daqui a pouco posso voltar a pedalar forte para fazer novos e maravilhosos resultados, e também a tão sonhada vitória.