Monday, Nov 20th

Last update:11:32:16 PM GMTTT

Headlines:

Voce esta na pagina: Principal CICLISMO - ESTRADA NOTICIAS - ESTRADA Padaria Real/Sorocaba mantém liderança na chegada em casa no Tour do Brasil - Volta Ciclística de SP
 

Padaria Real/Sorocaba mantém liderança na chegada em casa no Tour do Brasil - Volta Ciclística de SP

Print PDF

Roberto Pinheiro, da Funvic/Pindamonhangaba venceu em cima da linha a quarta etapa do Tour do Brasil - Volta Ciclística Internacional do Estado de São Paulo. Os 168,3 km, cronometrados, entre Rio Claro e Sorocaba foram marcados por sol forte durante as 4h15min de prova e por um trabalho intenso da equipe Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/ Sorocaba, que comandou o pelotão durante a maior parte da etapa.

A caravana do Tour do Brasil partiu cedo nesta quarta-feira de São Carlos, e as bicicletas foram levadas em carros durante 70 quilômetros até a largada, às 11 horas na cidade de Rio Claro. Pouco antes da partida, o ciclista Carlos França, de Ribeirão Preto, recebeu emocionado a visita de sua filha de colo. Mas a distração durou pouco. Logo no começo na etapa vários ciclistas de equipes diferentes tentaram fugas. O pelotão, liderado por Sorocaba, foi neutralizando uma a uma. A primeira fuga importante só aconteceu depois de 115 quilômetros de estrada. Adélio Silva, de Pindamonhangaba, escapou junto com outros três atletas de equipes que não estão na disputa pela liderança. Enquanto isso, o time de Sorocaba pedalava no pelotão, com a difícil tarefa de evitar os ataques e fugas.

As investidas de Pindamonhangaba e de outras equipes fizeram Sorocaba gastar muita energia para neutralizar as fugas. "Hoje nossa equipe analisou a corrida e não trabalhou tanto. Eu descansei bastante no pelotão, reservando energia para o sprint final", revelou Roberto Pinheiro, vencedor da etapa.

Além do primeiro lugar, Pindamonhangaba levou também o terceiro na etapa, com Flávio Santos, o Baiano. "O mais importante hoje era se jogar nas fugas para tentar tirar tempo do líder. Não deu certo", lamentou. "Mas pelo menos podemos comemorar a vitória do Roberto, companheiro de equipe, e meu pódio", contou Baiano, que encostou nos líderes faltando menos de 100 metros para o final.

Benedito Tadeu, o Kid, técnico de Pindamonhangaba, terminou com sentimentos divididos. "Claro que o ideal era disparar em uma fuga, mas quando vimos que o pelotão ia alcançar, eu armei uma estratégia para nossos dois sprintistas". E a confiança deu certo. Com Adélio Silva em quinto, a equipe de Kid colocou três atletas entre os cinco primeiros colocados, todos à frente do líder geral, José Eriberto, que chegou em sexto.

Enquanto a tática de Pindamonhangaba era tentar fugas, o trabalho de Sorocaba era evitá-las. E não foi fácil. A equipe puxou o pelotão o tempo todo. O argentino Edgardo Simon, que é atleta e técnico de Sorocaba, chegou na segunda posição, apenas um décimo de segundo atrás do vencedor, Roberto Pinheiro. "Hoje o dia foi muito pesado, nossa equipe pedalou forte para segurar as fugas e na chegada já não tínhamos a mesma força", confessou Simon. "Por isso, e principalmente pela defesa da camiseta de líder, que era o objetivo principal, essa é uma etapa para se comemorar bastante".

110 atletas em 5 segundos - A chegada em grupo desta quarta-feira não deu espaço para grandes mudanças na classificação. Os 40 primeiros ciclistas terminaram com o mesmo tempo, 4h15min28s, média de velocidade de 42,4 km/h. Mesmo o 110º e último ciclista a completar a etapa chegou a cinco segundos do vencedor. Sexto a chegar, José Eriberto, da Padaria Real/Sorocaba continua liderando no acumulado com 1min04s de vantagem sobre Baiano. Apenas dois segundos a menos do que o tempo da terça-feira.

Sub 23 - Na categoria sub-23, o líder é William Chiarello, do Velo/Seme/Rio Claro, uma equipe que tem suas origens no centenário Velo Clube. Todos os oito atletas de Rio Claro foram homenageados na largada e o prefeito Palmínio Altimari Filho fez questão de dizer que se orgulha do clube e de governar uma cidade em que "18% da população usa a bicicleta como meio de transporte".

William, que é de Erechim, no Rio Grande do Sul, treina e mora em Rio Claro desde o ano passado. "Eu treinei muito, mas confesso que o 11º lugar geral está sendo uma surpresa até para mim". Na etapa desta quarta, William chegou na 14a. posição, mas o melhor sub-23 foi um companheiro de equipe, Halysson Ferreira, 11º.

Quinta etapa : Sorocaba-Atibaia - Especialista em subidas, William acha que pode ter algumas oportunidades na próxima etapa, nesta quinta-feira, que tem um prêmio de montanha nível dois, o mais difícil até agora, em Itatiba. A largada para a quinta etapa, 150 quilômetros entre Sorocaba e Atibaia, acontece às 7 horas da manhã, no Paço Municipal de Sorocaba, cidade que se orgulha de ter 70 km de ciclovias. Os ciclistas largam a 629 metros de altitude, descem mais de 400 metros na região de Itu e sobem novamente a partir de Cabreúva para chegar em Atibaia a 800 metros. Antes passam por Itupeva, Jundiaí, Louveira e Itatiba.

Resultados da quarta etapa - Rio Claro / Sorocaba -168,3 km (cronometrados), média de 39.528 km /h

Individual
1- Roberto Pinheiro (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - 4h15min28s (13 segundos de bonificação)
2- Edgardo Simon ((Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba) - mesmo tempo (6 segundos de bonificação)
3- Flávio Santos (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - mesmo tempo (4 segundos de bonificação)
4- Daniel Rogelin (São José dos Campos/Cannondale) - mesmo tempo
5- Adélio Paulo Silva (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangada) - mesmo tempo (1 segundo de bonificação)
6- José Eriberto (Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba) - mesmo tempo

Metas Volantes

Primeira

1- Roberto Pinheiro (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - 5 pts.
2- Joel Prado Jr. (Refactor/PZ Racing/DKS Bike/Santana de Parnáiba) - 3 pts.
3- Michel Fernandes (São Francisco Saúde/Ribeirão Preto) - 2 pts.

Segunda
1- Calixto Bello (Start Cycling/Argentina) - 5 pts.
2- Alcides Vieira (DataRo/Foz do Iguaçu) - 3 pts.
3- Paulo Silva (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - 2 pts.

Prêmios de Montanha

Primeiro
1- Diego Ares (Memorial/Santos/Giant) - 5 pts.
2- Antonio Nascimento (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - 3 pts.
3- Alex Diniz (Padaria Real/Caloi/Céu Alimentos/Sorocaba) - 2 pts.

Segundo
1- Jocemildo Pereira (ADF Liniers/São Paulo) - 5 pts.
2- Alcides Vieira (DataRo/Foz do Iguaçu) - 3 pts.
3- Adélio Silva (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamoinhangaba) - 2 pts.

Equipes
1 Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba - 12h46min24s
2- São Lucas Saúde/Giant/UAC/Americana - mesmo tempo
3- DataRo/Foz Iguaçu - mesmo tempo
4- Memorial/Santos/Giant - mesmo tempo
5- Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba - a 12s

Classificação geral - após quatro etapas

Individual
1- José Eriberto (Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba) - 11h33min58s
2- Flávio Santos (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - a 1min02s
3- Edgardo Simon (Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba) - a 3min25s
4- Flávio Reblin (Memorial/Santos/Giant) - a 3min36
5- Tiago Fiorilli ((Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - a 3min37s
6- Elton Silva (São Lucas Saúde/Giant/UAC/Americana) - a 3min54s
7- André Pulini (São Lucas Saúde/Giant/UAC/Americana) - a 3min58s
8- Marcos Novello (Memorial/Santos/Giant) - a 4min00s
9- Diego Ares (Memorial/Santos/Giant) - a 4min13s
10- Breno Sidoti (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangada) - a 4min13s

Por Pontos
1- Flávio Santos (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - 23 pts.
2- Roberto Pinheiro (Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - 20 pts.
3- Edgargo Simon (Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba) - 17 pts.

Prêmio Montanha
1- Jocemildo Pereira (ADF Liniers/São Paulo) - 11 pts.
2- José Eriberto (Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba) - 10 pts.
3- Antonio Nascimento(Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba) - 8 pts.

Equipes
1- Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba - 34h49min20s
2- Funvic/Marcondes Cesar/Pindamonhangaba - a 1min19s
3- Memorial/Santos/Giant - a 4min28s
4- São Lucas Saúde/Giant/UAC/Americana - a 5min23s
5- Avaí/FME Florianópolis/APGF - a 8min04s

A elite do ciclismo da América Latina - 20 equipes, sendo 14 nacionais e 6 de outros cinco países - está percorrendo as cidades do interior paulista buscando pontos para o ranking da União Ciclística Internacional (UCI). O evento tem oito etapas bastante variadas. Algumas longas, outras curtas, de montanha e contra-relógio, características técnicas que o definem como o melhor do País e um dos mais importantes das Américas.

Etapas:
5ª etapa, dia 20 - Sorocaba - Atibaia - 150,2 km (SP 075, 102, 300, 360, 063 e 065) - largada : 7h05min - chegada: 10h30min

6ª etapa, dia 21 - Atibaia - Pindamonhangaba - 183,7 km (SP 65, 70, 123, 132) - largada : 7h05min - chegada: 11h20min

7ª etapa, dia 22 - Pindamonhangaba - Campos do Jordão - 62 km (SP 132, 123, 046, 050) - largada : 7h05min - chegada: 8h35min - Campos do Jordão - Campinas (neutralizado, 250 km)

8ª etapa, dia 23 - Jundiaí - São Paulo - 72 km (SP 330, 348, Marginal Pinheiros) - largada : 7h05min - chegada: 8h35min

Total de competição : 962,3 km
Total percorrido : 1.282,3 (320km neutralizados)

O 8° Tour do Brasil - Volta Ciclística Internacional do Estado de São Paulo 2011 é uma realização e organização da Rede Globo, Yescom, Ideeia, Governo do Estado de São Paulo, Federação Paulista de Ciclismo e Confederação Brasileira de Ciclismo, com transmissão da Rede Globo, SporTV e Globo Internacional. O patrocínio de arena é da Redecard e Fisk Centro de Ensino, com co-patrocínio de Montevérgine e HCor e apoio da Refactor. O apoio especial é da Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo, SecretariaEstadual dos Transportes, Secretaria Estadual de Esportes, Lazer e Turismo de São Paulo, das prefeituras de Marília, Bauru, São Carlos, Rio Claro, Sorocaba, Atibaia, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Jundiaí e São Paulo, Artesp e das concessionárias Dersa, DER, Rota das Bandeiras, Eco Pista, Triângulo do Sol, Colinas, Rodovias do Tietê, CCR Autoban, Centrovias GrupoOHL, CCR. A supervisão é da União Ciclística Internacional , da Confederação Brasileira de Ciclismo , Federação Paulista de Ciclismo e Ideeia.

 

 

Imagens: Marcio Kato

Fonte: Divulgação - ZDL